#ieadjonahistória: Colheita de almas na Manchester catarinense

#ieadjonahistória: Colheita de almas na Manchester catarinense
25/03/2021

Nos anos 70 do século XX, Joinville vivia um intenso crescimento populacional: a cidade terminaria a década com 235 mil moradores. A migração acelerada de trabalhadores era resultado da expansão industrial das principais empresas do município. Antigos e novos bairros recebiam famílias de todas as regiões de Santa Catarina e, principalmente, do interior do Paraná.
 
Atenta a esse processo de transformações demográficas, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Joinville - IEADJO, sob a liderança do saudoso Pastor Liosés Domiciano, realizou entre os dias 04 a 11 de maio de 1975, a Cruzada “Boas Novas”.
 
Antecedendo à Cruzada “Boas Novas”, obreiros e líderes de todo o estado catarinense participaram da Escola de Evangelismo “Boas Novas'', que visava o treinamento e edificação dos alunos. As aulas durante os dias do evento foram ministradas no antigo templo central da IEADJO.
 
Nos movimentados dias de maio, entre as ministrações do seminário e da Cruzada Boas Novas, vários professores e líderes de expressão nacional passaram por Joinville, entre eles os pastores Bernhard Johnson (líder do evento), Elienai Cabral, Eliel de Carvalho, Luiz Bezerra da Costa e Antônio Gilberto.
 
As noites de pregações evangelísticas no antigo Estádio São Luíz, reuniram milhares de pessoas, que testemunharam salvação, curas, libertações e inspiradas pregações do Pastor Bernhard Johnson. Contabilizou-se aproximadamente 2 mil decisões por Cristo ao longo da Cruzada.
 
Assim, desde sempre, a IEADJO revelou seu dinamismo nas ações de evangelismo e discipulado na Manchester Catarinense.

Por Mario Sérgio de Santana – presbítero, professor, historiador e editor do blog Memórias das Assembleia de Deus.

Demétrio Daniel dos Santos Ferreira
Obreiro da IEADJO, Locutor na Rádio 107,5 FM. Jornalista - MTB SC 6144 JP

Comentar

4 + 4 =
Para evitarmos "spams". Resolva esta simples operação matemática. Exemplo: 1+3, digite 4.